Níveis de Organização em Biologia: Do Átomo à Biosfera [+ infográfico]

Estudaremos quais os níveis de organização em biologia em ordem crescente, você também poderá baixar um infográfico em PDF ou PNG.

Níveis de Organização em Biologia: Do Átomo à Biosfera [+ infográfico]

Os níveis de organização em biologia é a forma organização das estruturas biológicas. Essa hierarquia estrutura-se com base em um nível mais baixo (átomo) e segue até um mais elevado (biosfera).

Cada um desses níveis de organização em biologia é constituído pelas unidades presentes no nível anterior, acrescido em complexidade organizacional.

Quando analisamos esses níveis, fazemos o estudo da vida pesquisando desde a constituição dos seres vivos até a relação entre eles e com o meio ambiente.

A Biologia é o “estudo da vida”, e é um campo da ciência muito amplo. Uma forma de catalogar os trabalhos e estudos na biologia é a partir dos níveis de organização em biologia.

Níveis de estruturação em biologia

Para ter um melhor entendimento das subdivisões dos níveis de organização em biologia, podemos ordenar:

  • Nível acelular/químico:
    • Átomo
    • Molécula
  • Nível celular:
    • Célula
    • Tecido
  • Nível anatômico:
    • Órgão
    • Sistema
    • Organismo
  • Nível ecológico:
    • População
    • Comunidade (Biocenose, Biota)
    • Ecossistema (Biocoro e Biótopo)
    • Biosfera (Biociclo)

A seguir, apresentamos cada nível presente na organização biológica por ordem crescente.

Quais são os níveis de organização em biologia?

Átomo → partícula constituinte da matéria, formada por prótons, nêutrons e elétrons.

Molécula → é a menor porção de uma substância, constituída por átomos do mesmo elemento químico ou diferentes elementos.

Organela → estruturas presentes no citoplasma de células eucariontes que desempenham funções comparáveis às de “pequenos órgãos” celulares.

Célula → unidade estrutural e funcional da vida, podem ser eucariontes ou procariontes.

Tecido → grupo de células dos organismos multicelulares que apresentam estrutura e funções fundamentalmente semelhantes.

Órgão → conjunto de tecidos que interagem para execução de determinadas funções vitais.

Sistema → conjunto de órgãos interconectados harmonicamente em benefício ao equilíbrio do metabolismo.

Organismo → conjunto de todos os sistemas, formando um ser vivo.

Espécie → conjunto de organismos semelhantes capazes de se cruzar em condições naturais, produzindo descendência fértil.

População → conjunto de seres da mesma espécie que habitam determinada região geográfica.

Comunidade → conjunto de seres vivos de diferentes espécies que coabitam em uma mesma região.

Ecossistema → conjunto formado pelas comunidades biológicas em interação com os fatores abióticos do meio.

Biosfera → conjunto de regiões do planeta Terra capaz de abrigar formas de vida.

O que são níveis de organização dos seres vivos?

Quando estudamos a vida, é possível identificar diferentes níveis hierárquicos de organização biológica.

No nível microscópico, vemos que a matéria viva é constituída de átomos, que se agrega formando as moléculas das diversas substâncias orgânicas.

As células, por sua vez, são classificadas como unidades básicas de todos os seres vivos, com exceção do vírus, que é chamado de acelular.

Das células migramos para os tecidos, que ocorrem apenas nos organismos multicelulares. Nesse nível, as células se caracterizam e se juntam para dar as propriedades do tecido a ser construído.

Vários tipos de tecidos se estruturam para constituir os órgãos, unidades anatômicas e funcionais essenciais à manutenção da vida nos organismos multicelulares.

Um conjunto de órgãos constitui um sistema.

Em conjunto, os sistemas de órgãos compõem o nível do organismo individual.

O conjunto organismos individuais de uma mesma espécie que habitam uma determinada região geográfica constitui uma população biológica.

Os membros de uma população interagem com indivíduos de outras espécies que habitam a mesma região geográfica.

Ao conjunto de populações diferentes que coexistem em determinado lugar, interagindo direta ou indiretamente, dá-se o nome de comunidade biológica.

Os membros de uma comunidade biológica, além de interagir entre si, também interagem com o ambiente em que vivem, sendo influenciados por fatores como temperatura, alimentos disponíveis, umidade, luminosidade, entre outros.

Ao grande conjunto formado pelas comunidades e pelo ambiente que vivem dá-se o nome de ecossistema.

A última hierarquia na biologia é a que agrupa todos os ecossistemas da Terra, a chamada biosfera. É nessa camada do nosso planeta.

Níveis de organização do corpo humano: organização de um indivíduo

A biologia organiza as estruturas em níveis de organização dos seres vivos para melhor entendimento e estud. O corpo humano faz parte dessa estruturação e podemos dizer que ele é classificado como um organismo.

O organismo é o nível hierárquico acima dos átomos, das moléculas, das organelas, dos tecidos, dos órgãos e dos sistemas.

O corpo humano é formado por tecidos variados como o tecido nervoso, sanguíneo, ósseo, epitelial, conjuntivo, entre outros. Cada tecido é formado por células com funções diferentes.

Os órgãos formados pelos tecidos são, por exemplo, o coração, o fígado, os pulmões, o cérebro, a boca, entre vários outros. Cada um desempenha funções fundamentais no corpo humano, como bombear o sangue, produzir e regular hormônios, etc.

O estudo da vida, apesar de toda a complexidade, é muito interessante e nos ajuda a entender a estrutura orgânica da qual fazemos parte.

Saber que cada indivíduo é formado por pedacinhos menores e indivisíveis que se agrupam para desenvolver as maravilhas que a natureza nos proporcionou é fantástico.

Histórico

O poeta alemão Johann Wolfgang Von Goethe (1749-1832), que também se interessava por biologia, escreveu que “a natureza reservou para si tanta liberdade que não a podemos nunca penetrar completamente com o nosso saber e a nossa ciência”.

Mesmo Goethe tendo falado isso há alguns séculos, essa frase revela a complexidade que envolve o estudo da Biologia.

Para facilitar o trabalho dos biólogos, uma classificação foi criada para organizar os níveis dos seres humanos.

Trata-se de uma hierarquia na qual a composição de todos os seres vivos é relacionada, desde os átomos até o universo.

Agora que você já sabe tudo sobre os níveis de organização em biologia, está na hora de você compartilha esta página com seus amigos e colegas de classe e/ou de profissão.

Referências

RIBEIRO, Krukemberghe Divino Kirk da Fonseca. “Níveis de Organização em Biologia”. Mundo Educação. Disponível em https://mundoeducacao.uol.com.br/biologia/niveis-organizacao-biologia.htm. Acesso em 24 de novembro de 2020.
TRANSPADINI, Diego. “Os níveis de organização dos seres vivos”. Profes. Disponível em https://profes.com.br/diegotranspadini/blog/os-niveis-de-organizacao-dos-seres-vivos. Acesso em 24 de novembro de 2020.
Sem autor, “Níveis de organização dos seres vivos: entenda essa hierarquia!”. Stoodi. Disponível em https://www.stoodi.com.br/blog/biologia/niveis-de-organizacao-dos-seres-vivos/. Acesso em 24 de novembro de 2020.
SOUZA, Yara Laiz. “Níveis de organização em biologia”. InfoEscola. Disponível em https://www.infoescola.com/biologia/niveis-de-organizacao-em-biologia/. Acesso em 24 de novembro de 2020. MIRA. William. “Níveis de organização dos seres vivos”. Quero Bolsa. Disponível em https://querobolsa.com.br/enem/biologia/niveis-de-organizacao-dos-seres-vivos. Acesso em 24 de novembro de 2020.

Gostou do post do Bioência?
Não deixe de compartilhar com seus colegas de estudos e/ou de profissão.

Siga nossas redes sociais:

Forte abraço! 😉

Por Aurélio Paz da Luz

Idealizador do projeto Bioência em 2010. Graduado em Sistemas para Internet pela Faculdade de Tecnologia São Mateus. Graduação incompleta em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Lucas, mas dando continuidade na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Atualmente trabalha com Webdesing e Marketing de Conteúdo. Especialista em SEO (Search Engine Optimization).

Email Facebook Twitter Instagram Website