MEIO AMBIENTE: O que é, Composição, Como Preservar e Importância

O meio ambiente é o conjuntos de unidades ecológicas que funcionam como um sistema natural. São elementos físicos, químicos, biológicos e sociais que podem causar efeitos diretos ou indiretos sobre os seres vivos e as atividades humanas.

Meio Ambiente
Imagem: Singkham

O meio ambiente envolve todas as coisas com vida e sem vida que existem na Terra ou em alguma região dela e que afetam os outros ecossistemas existentes e a vida dos seres humanos.

O meio ambiente pode ter diversos conceitos, que são identificados pelos componentes que fazem parte dele. Conheça os mais importantes:


COMPOSIÇÃO DO MEIO AMBIENTE

Para as Organização das Nações Unidas (ONU) o meio ambiente é o conjunto de elementos físicos, químicos, biológicos e sociais que podem causar efeitos diretos ou indiretos sobre os seres vivos e as atividades humanas.

O meio ambiente é o conjunto de unidades ecológicas que funcionam como um sistema natural. Assim, é composto por toda a vegetação, animais, micro-organismos, solo, rochas, atmosfera. Também fazem parte os recursos naturais, como a água e o ar e os fenômenos físicos do clima, como energia, radiação, descarga elétrica e magnetismo.

É composto por quatro esferas diferentes: atmosfera, litosfera, hidrosfera e biosfera.

A atmosfera é a camada ar que envolve o planeta, formada por gases como oxigênio, gás carbônico, metano e nitrogênio. A litosfera é a camada mais externa do planeta, formada pelo solo e por uma superfície rochosa, também chamada de crosta terrestre.

Já a hidrosfera inclui todas as águas do planeta (rios, mares, lagos, oceanos e etc) e a biosfera é a camada referente à vida e engloba todas as formas de vida que existem na Terra.

Meio ambiente e ecologia

Na ecologia o meio ambiente é o ecossistema em que se desenvolve a vida de um tipo organismo, ou seja, existem diversos tipos de ecossistema em que os organismos vivem.

Existem vários fatores externos que têm influência sobre a vida dos organismos. Assim, a ecologia é uma área que tem como objeto de estudo as relações existentes entre os organismos e o ambiente que os envolve.


COMO PRESERVAR?

A preservação do meio ambiente depende muito da sensibilização e participação de todos os indivíduos de uma sociedade. A cidadania para a preservação deve contemplar atividades e noções que contribuem para a conservação do meio ambiente.

Desta forma é importante instruir e educar os cidadãos de várias idades, através de formação de consciência nas escolas e em outros locais.

Além da educação ambiental, a sustentabilidade é um dos fatores mais importantes para garantir a preservação.

PRESERVAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DA SUSTENTABILIDADE

A sustentabilidade ambiental e ecológica é a manutenção do planeta Terra, é manter a qualidade de vida e manter o meio ambiente em harmonia com a existência das pessoas.

O próprio conceito de sustentabilidade é para longo prazo, significa cuidar e preservar todo o sistema para que as gerações futuras também possam aproveitá-lo.

A sustentabilidade se refere às diversas medidas e estratégias que podem ser adotadas pela sociedade para que seja preservado e seja considerado sustentável. Isso significa que devem ser encontradas formas de ação que permitam a coexistência das pessoas com a preservação do meio ambiente para que os recursos naturais não se esgotem.


EXEMPLOS DE COMO PRESERVAR

São algumas medidas de sustentabilidade e preservação do meio ambiente:

  • evitar todo tipo de poluição nas águas dos rios, mares, oceanos e lagos,
  • separar o lixo orgânico do lixo reciclável e os diferentes tipos de lixo reciclável,
  • fazer o consumo consciente de recursos como água e energia elétrica,
  • evitar desastres ecológicos, como queimadas, derramamentos de óleo nas águas, desmatamentos e morte de animais,
  • diminuir a poluição e a emissão de gases poluentes,
  • usar energias reaproveitáveis e renováveis, como a solar, eólica (do vento) e hidrelétrica (das águas),
  • diminuir o consumo de alimentos e de produtos industrializados,
  • usar meios de transporte alternativos e menos poluentes, como a bicicleta e os transportes públicos,
  • construção de casas sustentáveis, que sejam preparadas para o uso de energias alternativas e renováveis.

Além dessas medidas, que podem ser adotadas por toda a sociedade, faz parte da conscientização da sustentabilidade a educação ambiental. A educação sobre a proteção do meio ambiente deve ser proporcionada aos cidadãos e às crianças para garantir a preservação para as gerações futuras.

É importante que a sustentabilidade do meio ambiente seja cada vez mais uma prioridade para os políticos e para a sociedade em geral, para que a conservação do meio ambiente possa ser alcançada.

A IMPORTÂNCIA DA RECICLAGEM

A reciclagem é um processo de grande importância para a preservação do meio ambiente. Através da reciclagem e da diminuição do lixo é possível reduzir a poluição do ar, da água e do solo

O processo de reciclagem engloba a separação do lixo por categorias para que os resíduos possam ser reutilizados, dando origem a novos produtos. Podem ser usados na reciclagem materiais como plástico, papel, vidro, papelão, madeira e metais em geral.

Os resíduos de lixo orgânico (lixo doméstico) podem ser utilizados para o processo de compostagem, que os transforma em adubo que pode ser usado no plantio de vegetais, legumes e frutas.

Uma das maneiras eficazes de ajudar na reciclagem é participar dos sistemas de coleta seletiva. A coleta seletiva faz a recolha do lixo orgânico e do não orgânico, que deve ser separado nas casas, empresas e indústrias.

Depois que o lixo é recolhido, é encaminhado para os locais adequados para que a reutilização seja feita de acordo com os tipos de materiais separados.

Um dos maiores desafios relativos à reciclagem é conseguir educar os cidadãos para que compreendam que cada esforço, por menor que seja, tem um impacto positivo na preservação do meio ambiente.


AS POLÍTICAS PÚBLICAS AMBIENTAIS

As políticas públicas relativas ao meio ambiente e sua preservação são da responsabilidade do Ministério do Meio Ambiente (Governo Federal), das Secretarias de Meio Ambiente dos estados e dos municípios.

Esses órgãos são responsáveis por tomar medidas práticas relativas ao que é previsto na Política Nacional do Meio Ambiente e em outras leis que tratam do assunto. Eles fazem a fiscalização das atividades poluidoras, da extração de minerais e de outras atividades que possam prejudicar a conservação dos ecossistemas e das áreas de reserva ecológica do país.

Para atingir esses objetivos existem programas ligados à preservação e recuperação, à avaliação da qualidade da água e à fiscalização do uso dos recursos naturais.

Estes órgãos também são responsáveis por promover ações educativas em relação à educação ambiental, conceitos de ecologia e aumento da sustentabilidade das cidades.


POLÍTICA NACIONAL DO MEIO AMBIENTE

No Brasil existe a PNMA – Política Nacional do Meio Ambiente (lei nº 6.938/81). Esta política define como um conjunto de condições, leis, influências e interações físicas, químicas e biológicas que permitem a existência de vida nas suas mais diferentes formas (artigo 3º, inciso I).

O objetivo da PNMA é definir critérios e mecanismos de ação que devem ser tomados pelos governos para garantir a preservação do meio ambiente.

São exemplos de objetivos previstos na lei:

  • fiscalização do uso e consumo dos recursos naturais,
  • controle da emissão de poluição no ambiente,
  • controle o uso consciente do solo, da água e do ar,
  • incentivo ao estudo e pesquisa na área ambiental,
  • proteção dos ecossistemas,
  • proteção, preservação e recuperação de áreas ameaçadas.

A PNMA também define quais devem ser as ações implementadas pelos governos para garantir a preservação a partir da avaliação de impactos ambientais ocorridos e da definição de prioridades de ação.

São algumas medidas adotadas pela Política Nacional do Meio Ambiente: previsão de que o agente causador de poluição deve reparar e indenizar os danos causados, criação de um cadastro de dados sobre a qualidade do meio ambiente e a criação de espaços de proteção e reserva ambiental.

SEMANA MUNDIAL

A Semana Mundial do Meio Ambiente é comemorada todos os anos na primeira semana do mês de junho, juntamento com as comemorações do Dia Mundial do Meio Ambiente (5 de junho). A data existe desde a publicação do Decreto 86.028 em 1981.

O objetivo da realização da Semana Mundial é conscientizar a população sobre a importância da participação de todos os cidadãos na preservação.


Por Aurélio Paz

Idealizador do projeto Bioência em 2010. Graduado em Sistemas para Internet pela Faculdade de Tecnologia São Mateus. Graduação incompleta em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Lucas. Atualmente trabalha com Webdesing e Marketing de Conteúdo. Especialista em SEO (Search Engine Optimization).

Facebook Twitter Instagram Tumblr Email Website


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email