Células: O que é, definição, formas, função e toda teoria celular

A célula é a menor parte dos seres vivos com forma e função definidas. Os seres vivos diferem da matéria bruta porque são constituídos de células.

Células

Os seres vivos diferem da matéria bruta porque são constituídos de células. Os vírus são seres que não possuem células, mas são capazes de se reproduzir e sofrer alterações no seu material genético. Esse é um dos motivos pelos quais ainda se discute se eles são ou não seres vivos.
A célula é a menor parte dos seres vivos com forma e função definidas. Por essa razão, afirmamos que é a unidade estrutural dos seres vivos. A célula – isolada ou junto com outras células – forma todo o ser vivo ou parte dele. Além disso, ela tem todo o “material” necessário para realizar as funções de um ser vivo, como nutrição, produção de energia e reprodução.



Cada célula do nosso corpo tem uma função específica. Mas todas desempenham uma atividade “comunitária”, trabalhando de maneira integrada com as demais células do corpo. É como se o nosso organismo fosse uma imensa sociedade de células, que cooperam umas com as outras, dividindo o trabalho entre si. Juntas, elas garantem a execução das inúmeras tarefas responsáveis pela manutenção da vida.
As células que formam o organismo da maioria dos seres vivos apresentam uma membrana envolvendo o seu núcleo, por isso, são chamadas de células eucariotas. A célula eucariota é constituída de membrana celular, citoplasma e núcleo.

ESTRUTURA DAS CÉLULAS

A células que formam o organismo de muitos dos seres vivos apresentam uma membrana envolvendo seu núcleo, por isso são chamadas de células eucariotas. A célula eucariota é constituída de membrana plasmática, citoplasma e núcleo.

Diferente das células eucariotas, a célula procariota não possui membrana nuclear nem estruturas membranosas no seu interior.

Membrana plasmática ou membrana celular – é uma espécie de película que envolve e protege a célula.

Possui permeabilidade seletiva, ou seja, ela regula a entrada e a saída de substâncias na célula. Através dela a célula recebe oxigênio e nutrientes e elimina gás carbônico e outras substâncias.

Na célula vegetal, além da membrana celular existe ainda, mais externamente, a parede celular, formada de celulose.

O citoplasma – é a parte da célula que fica entre a membrana celular e o núcleo. É constituído por um material gelatinoso chamado hialoplasma.

É formado por água, sais minerais, proteínas e açúcares. No hialoplasma, encontram-se várias organelas, que são estruturas responsáveis por diversas atividades da célula, tais como: nutrição e respiração da célula, além do armazenamento de substâncias. Em conjunto, elas são responsáveis pela manutenção da vida.



Entre as organelas destacam-se:

  • Mitocôndrias – é a usina energética das células. Realizam a respiração celular e liberam a energia de que a célula necessita para as suas atividades;
  • Ribossomos – fabricam as proteínas nas células. Organelas fundamentais ao crescimento a à regeneração celular;
  • Retículo endoplasmático – rede de canais e reentrâncias onde circulam proteínas, gorduras, sais etc;
  • complexo golgiense – formado por pequenas bolsas achatadas. Produz certos “açúcares”, modifica e armazena proteínas e outras substâncias. Também
  • Produz os lisossomos;
  • Lisossomos – realizam a digestão dentro da célula;
  • Centríolos – pequenas estruturas cilíndricas que participam da divisão da célula;
  • Vacúolos – vesículas – pequenas bolsas que armazenam ou transportam enzimas, água etc.
  • Cloroplastos – organelas presentes apenas em células vegetais, responsáveis pela fotossíntese.

O núcleo – é a central de comando das atividades celulares. Em geral situa-se no centro da célula. É envolvido por uma membrana nuclear ou carioteca.

No interior do núcleo estão os cromossomos,que guardam o material genético da célula (DNA). Os cromossomos ficam mergulhados na cariolinfa ou suco nuclear – material gelatinoso que preenche o espaço dentro do núcleo.


TEORIA CELULAR

A teoria celular baseia-se na hipótese de que todo organismo vivo possui células. Essa teoria é sustentada por três pilares:

Todos os seres vivos são constituídos por células, sendo estas, portanto, a unidade morfológica dos organismos vivos;

As células realizam importantes atividades em seu interior e, por isso, são as unidades funcionais dos seres vivos;

Uma célula é formada apenas a partir de outra célula preexistente.

Assim sendo, utilizando essa teoria como base, podemos dizer que a célula é a menor unidade estrutural e funcional dos seres vivos.


Estrutura básica de uma célula e sua classificação

É comum dizer que uma célula é composta por três partes básicas: membrana plasmática, citoplasma e núcleo. Essa informação, no entanto, é incorreta quando analisamos alguns tipos de células. Todas as células possuem membrana plasmática e citoplasma, mas o núcleo é estrutura ausente em células procariontes. Nesse tipo celular, o material genético está disperso no citoplasma.

Assim sendo, analisando a estrutura básica de uma célula, podemos classificá-la em procarionte e eucarionte. Procariontes são aquelas que não possuem um núcleo definido envolto por membranas. Já a célula eucarionte apresenta um núcleo delimitado pelo envoltório nuclear, possuindo, portanto, uma proteção ao seu material genético.



Siga nossa instagram: @bioencia.

Curta nossa fanpage: @bioencia.

Por Aurélio Paz

Idealizador do projeto Bioência em 2010. Graduado em Sistemas para Internet pela Faculdade de Tecnologia São Mateus. Graduação incompleta em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Lucas. Atualmente trabalha com Webdesing e Marketing de Conteúdo. Especialista em SEO (Search Engine Optimization).

Facebook Twitter Instagram Tumblr Email Website


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email