BOIDAE - Classificação, Taxonomia, Características, Alimentação e mais

A família Boidae compreende as serpentes não peçonhentas. Podem ser encontradas nas Américas, África, Europa, Ásia e em algumas ilhas do Oceano Pacífico.

Boidae

A família Boidae compreende as serpentes não peçonhentas. Podem ser encontradas nas Américas, África, Europa, Ásia e em algumas ilhas do Oceano Pacífico.

As serpentes desta família tornaram-se as mais populares entre as pessoas, sendo que algumas espécies são mantidas como pets. Não possuem veneno e são classificadas quanto à dentição como áglifas (sem presas especializadas), seus dentes servem somente para segurar a presa.


Possuem fossetas labiais que funcionam como termorreceptores, formando imagens de infravermelhos para perceber e localizar a presa. Localizam-se tanto na porção superior ou inferior das escamas labiais. Podemos citar como exemplo de serpentes desta família a jibóiasucurisalamanta, etc.

Alguns pensam que as píton também fazem parte dessa família, o que não é verdade, pois elas pertencem a família Pythonidae.

Estas serpentes matam a presa por constrição (pressão feita com o corpo quando se enrola em sua presa causando asfixia e parada cardíaca), possuem dentição áglifa (não há dentes inoculadores de veneno), quatro fileiras na parte superior (duas no lado esquerdo e duas no lado direito) e duas fileiras na parte inferior (uma de cada lado), dentes afiados que ajudam a segurar a presa.

Geralmente, evitam contato com humanos, e quando isto ocorre, algumas emitem um som originado pelo ar expirado dos pulmões (por exemplo, as jiboias), mas podem também dar botes defensivos.


CLASSIFICAÇÃO DO BOIDAE

Reino Animalia
Chordata
Reptilia
—- Squamata
—– Boidae

CARACTERÍSTICAS

Seu corpo é alongado roliço e ligeiramente comprimido nas laterais. Sua cor é camuflada e confunde-se com o ambiente. São serpentes de médio a grande porte e podem medir até 4 metros de comprimento.

Sua reprodução é ovípara. A gestação dura de 127 a 249 dias e nascem entre novembro e fevereiro. Produz de 8 a 50 filhotes por ninhada

São animais carnívoros, mas quase não gastam energia, podendo ficar vários dias sem comer. São considerados animais pacíficos, pois não são venenosas e não atacam o homem.

As jibóias vivem aproximadamente 20 anos.


TAXONOMIA BOIDAE

Nesta família existem 11 gêneros:

  • Acrantophis
  • Boa (jiboia)
  • Candoia
  • Corallus
  • Epicrates
  • Eunectes (sucuri)
  • Sanzinia
  • Calabaria
  • Charina
  • Eryx
  • Lichanura

ALIMENTAÇÃO

Nutricionalmente eles se alimentam principalmente de roedores, mas alguns, naturalmente, também com lagartos ou pássaros.

LEGISLAÇÃO

A família do Boidae está protegido pela Convenção de Washington e da CITES. A maioria pertence ao anexo A ou B.


Siga nossa instagram: @bioencia.

Curta nossa fanpage: @bioencia.

Siga nosso Twitter: @bioencia.


Por Aurélio Paz

Idealizador do projeto Bioência em 2010. Graduado em Sistemas para Internet pela Faculdade de Tecnologia São Mateus. Graduação incompleta em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Lucas. Atualmente trabalha com Webdesing e Marketing de Conteúdo. Especialista em SEO (Search Engine Optimization).

Facebook Twitter Instagram Tumblr Email Website


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email