Aplicativo identifica árvores com histórias de autores da literatura infantojuvenil

Narrados por grandes cantores, o app reconecta a sociedade com a natureza com as explicações dessas espécies.

Aplicativo identifica árvores com histórias de autores da literatura infantojuvenil

O aplicativo educacional Natu Contos ajuda o usuário a identificar cinco espécies nativas da Mata Atlântica, como: embaúba, ipê-amarelo, jequitibá, pau-brasil e pau-ferro. Tudo isso de um jeito bem diferente. Em parceria com a Fundação SOS Mata Atlântica, oferece uma aventura literária em parques e praças, em que adultos e crianças podem descobrir contos produzidos por autores da literatura infantojuvenil e narrados por grandes cantores brasileiros.

No final do ano passado, conseguiu R$ 17.415 no financiamento coletivo na plataforma Catarse para alcançar mais pessoas ao desenvolver versão para Android. Com sua meta estendida, pretende promover um novo vínculo afetivo e memorável entre árvores e os cidadãos de Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e Recife (PE).

++ Entenda como funciona a Especialização, Mestrado e o Doutorado

Já disponível gratuitamente na plataforma IOS, agora o aplicativo precisava da ajuda do público para o desenvolvimento do designer para Android (meta de R$ 18.522,00). Estima-se que até julho de 2020, ele já esteja disponível nesta plataforma.

A plataforma Natu Contos traz árvores mapeadas em parques e praças das cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Uberaba (MG). Quando uma árvore é encontrada, um vídeo animado apresenta e, depois, um conto fica disponível para o adulto ler/ouvir com a criança embaixo da sua copa. Uma vez coletadas, as histórias e as fichas técnicas de cada árvore vão para uma biblioteca e podem ser relidas e ouvidas quantas vezes quiser, em qualquer lugar.

++ Miados podem ter sotaque de acordo com região onde os gatos vivem

Em Amélia e seu Ipê-amarelo, de autoria de Índigo com narração de Tiê, por exemplo, Amélia que tinha tudo amarelo, até seu cabelo, adorava um eucalipto, mas não ligava para um ipê-amarelo que tinha em seu sítio. Quando ele floresceu na primavera, isso mudou. Já em Árvore de Estimação, de Tiago de Melo Andrade e narração de Lenine, uma menina fica triste por ter perdido o gramado e a sombra fresca de sua árvore de estimação queimada em um incêndio, onde ela tinha seu balanço. Em À procura do Pau-Brasil, de Andrea Pelagagi com narração de Fernanda Takai, um irmão e uma irmã tentam de todas as formas descobrir se a árvore que eles acharam era mesmo a espécie que deu nome ao nosso país.

Mais informações sobre o aplicativo também no Instagram e Facebook. Site: http://www.natucontos.com/

Por Aurélio Paz

Idealizador do projeto Bioência em 2010. Graduado em Sistemas para Internet pela Faculdade de Tecnologia São Mateus. Graduação incompleta em Ciências Biológicas pelo Centro Universitário São Lucas, mas dando continuidade na Universidade Federal de Rondônia (UNIR). Atualmente trabalha com Webdesing e Marketing de Conteúdo. Especialista em SEO (Search Engine Optimization).

Email Facebook Twitter Instagram Website


Seja o primeiro a colaborar

Deixe seu comentário!

Informe seu nome
Informe seu email